Bem Vindo
Aqui você vai encontrar muita coisa legal sobre mim.
Siga-me também nas redes sociais
Title Image

Projeto Residencial

A importância de um projeto feito por um arquiteto
Análise de Preço

Construir uma casa nova é o sonho e, ao mesmo tempo, o pesadelo de muitas pessoas. Isso porque tirar um projeto do papel e transformar em um lar exige diversos processos que envolvem uma enorme gama de profissionais a serem contratados e materiais para serem escolhidos. Os inúmeros detalhes e necessidades podem deixar os proprietários em dúvida sobre diversos fatores. É neste momento que algumas dicas podem ser úteis e fazer toda a diferença quando chegar a hora de botar a mão na massa e construir. Contratar um arquiteto nesse momento é primordial. Ele será capaz de projetar a casa do jeito que você sonhou, atendendo às suas necessidades e ao seu bolso. O profissional será capaz de te orientar também sobre cada pessoa que terá que contratar para começar a dar vida ao projeto. Se a sua verba é pequena para a construção dessa casa, contrate um pedreiro para fazer a obra e não uma construtora. Ainda assim, antes de fechar com algum, pegue orçamento com outros três ou quatro profissionais e compare. Busque sempre as referências anteriores desses profissionais para que não haja imprevistos ou para que você não seja alvo de qualquer tipo de golpe. Um boa dica para não gastar tanto é fechar um contrato da obra inteira de uma vez, ao invés de contratar profissionais diferentes para cada etapa ou área. Uma boa dica está relacionada a compra do material de construção. A variedade é muito grande no setor da construção civil e os preços também seguem essa oscilação. Defina qual material você vai usar e pesquise em todos os lugares que conseguir, assim pode garantir o preço mais baixo. Para não haver desperdícios, faça compras moderadas e sem exageros, impedindo que material sobre na obra e seja jogado fora. Calcule exatamente o que será necessário, lembrando que é sempre melhor faltar do que sobrar, neste caso. Comprar direto dos fornecedores é uma ótima sugestão e aguardar grandes promoções costuma valer muito a pena. Itens como pisos, janelas, portas, iluminação, revestimentos, entre outros materiais, costumam passar por boas liquidações. O arquiteto deve ser seu aliado nessa procura. O perfil do profissional que você vai contratar faz total diferença nesse caso. Existem alguns arquitetos que recebem benefícios para indicar lojas ou marcas. Por isso, as chances de você não conseguir o melhor preço são inúmeras. No entanto, outros têm um perfil para agradar pessoas que buscam realizar os seus projetos com qualidade e baixo custo. Eles irão trabalhar para te oferecer as melhores opções, levando sempre em consideração o bom gosto e o projeto dos seus sonhos. Um fator, no entanto, é muito importante nesse caso. Economizar é ótimo, mas precisa valer a pena. Atropelar a qualidade dos produtos e comprometer o resultado final pode tornar a sua obra ruim, insatisfatória ou pelo dobro do preço.

O que compõe um projeto residencial?

O projeto de arquitetura de interiores é um conjunto de estudos de diversos fatores como ergonomia, conforto acústico e térmico, luminotécnica, entre outros, aliados com a estética e a funcionalidade do ambiente residencial, comercial ou corporativo, de acordo com as necessidades das pessoas que irão utilizar.

Compõem o projeto de interiores:

  • Layout Projeto Luminotécnico
  • Projeto de Instalações Elétricas
  • Projeto de Paginação de Revestimento
  • Projeto de Gesso
  • Projeto de Móveis
  • Móveis Complementares
  • Consultoria
  • Projeto de Paisagismo
Quanto custa um projeto residencial?

O valor de uma obra vai variar, primeiramente, de acordo com o tamanho da casa que você deseja construir. Uma casa com um quarto, sala, cozinha, banheiro e área de serviço será mais barata que uma casa com mais de um quarto, sala de jantar, sala de estar, cozinha, banheiros, área de serviço e quintal, evidentemente. No entanto, não são só esses fatores que influenciam. A localização, tamanho do lote e materiais usados interferem diretamente no custo final. Para saber quanto você gastaria, peça que um arquiteto monte um projeto realista, de acordo com as suas necessidades e possibilidades, e faça uma estimativa de quanto custará. Isso vai te ajudar a se planejar para a construção.

Quais são as variações de custo em um projeto residencial?

Os custos variam de acordo com o tamanho e complexidade da casa. Um mesmo serviço pode ser executado de diferentes formas. Isso significa que existem versões mais caras e mais baratas de uma mesma tarefa. Por isso, as escolhas que você faz vão interferir diretamente no custo final. Mesmo que os valores forem altos, no entanto, pense que você está fazendo algo de longa duração e deve atender às suas expectativas, para que não haja frustrações.

Quais são os custos adicionais em um projeto residencial?

Existem alguns custos adicionais. Antes de começar a construir, é importante fazer a fundação do terreno. Isso vai garantir que a obra tenha segurança. Além disso, ela vai ser o alicerce para apoiar a casa no terreno. O telhado também têm tipos diferentes. Telhas de asfalto, telhas de metal, telhas de polímero plástico, telhas de argila, telhas de concreto, telhas de ardósia, telhas de madeira, entre outros, podem interferir no valor final. Lembrando que a mais barata pode ser a de asfalto e a mais cara a de madeira.

JUNTE-SE A MAIS DE 3.000 PESSOAS

Entre para nossa lista e receba bônus de descontos dos nossos parceiros e conteúdos exclusivos com prioridade.